Plataforma conta com mais de 3,5 bilhões de interações diárias e um retorno estimado de 700% sobre o investimento

Você já sabe como funciona o Google Ads? Se a resposta for não, sugerimos que leia esse conteúdo!

O Google Ads é uma das ferramentas mais essenciais e importantes quando falamos de avançar os negócios e Marketing Digital.

Uma das principais formas de conseguir bons resultados com mais agilidade, por exemplo, é investindo em anúncios de mídia paga. Mas, para tornar isso real, é necessário ter conhecimento e criar campanhas inteligentes.

Já ficou claro o quanto essa plataforma é necessária para o seu negócio, não é?

Pensando nisso, a Moke trouxe boas dicas para você entender melhor sobre quais as principais diferenças entre os tipos de anúncio do Google, além disso, vamos explicar mais a fundo sobre cada um deles e abordar sobre como anunciar no Google Ads pode fazer a diferença para a sua empresa.

Quer ampliar ainda mais os seus conhecimentos sobre o Marketing Digital? Confira:

Afinal, o que é Google Ads?

Para começarmos o nosso estudo, você precisa saber com clareza o que é o Google Ads!

O Google Ads nada mais é do que uma ferramenta que foi lançada no ano de 2000 e se tornou a plataforma de anúncios do Google.

Nos dias atuais, ela é uma das mais famosas no mercado de mídia on-line e pode anunciar em plataformas como o YouTube, Gmail, Play Store, Pesquisa e até mesmo Display.

Com certeza, no seu dia a dia, quando você está assistindo a um vídeo no YouTube, ou lendo uma informação na internet, você já se deparou com algum desses anúncios. Essa é uma das melhores práticas para atrair mais consumidores e fazer com que as pessoas desenvolvam um interesse pelo produto do anunciante.

Explicando de forma mais clara, quando você investe no Google Ads (especialmente em anúncios de Rede de Pesquisa), a plataforma começa a exibir anúncios em formas de links patrocinados, assim, quando as pessoas fazem buscas no Google que estão relacionadas à palavra-chave que foi paga nas campanhas para aparecer nos resultados, elas encontram o seu anúncio.

Esses links patrocinados geralmente são aqueles que aparecem no topo da primeira página de resultados do Google quando você faz alguma pesquisa. Porém, diferente dos resultados orgânicos, os links contam com um aviso de ‘’anúncio’’, para que o usuário fique ciente de que ele foi pago para estar ali.

Ou seja, a principal vantagem que o Google Ads traz é que o seu negócio vai aparecer diretamente para quem está buscando por aquela solução, vai atingir justamente o público certo do seu segmento. Assim, você não corre o risco do seu produto ser divulgado para um público que não tem nenhum interesse nisso.

Fora isso, o Google Ads ainda proporciona outros inúmeros benefícios:

  • Divulgação que vai fazer o seu negócio ser encontrado muito mais facilmente por aqueles que realmente têm interesse;
  • Flexibilidade nos anúncios;
  • Mensuração nos resultados;
  • Construção do reconhecimento da marca.

Entendeu melhor sobre o que é o Google Ads? Continue com a gente e descubra as principais diferenças entre Rede de Pesquisa e Rede de Display!

Rede de pesquisa X Rede de Display: Entenda as diferenças

A Rede de Pesquisa e a Rede de Display são formatos de anúncios do Google!

O ponto em comum entre essas duas opções é que elas pertencem à mesma plataforma e se forem utilizadas de maneira inadequada, podem prejudicar não só a performance dos seus anúncios, mas também não atingir os resultados esperados.

Para você entender melhor sobre cada uma, vamos te explicar mais a fundo sobre a atuação dos dois formatos! Acompanhe:

Entenda mais sobre a Rede de Pesquisa!

Na Rede de Pesquisa, você pode contar com a opção de aparecer junto dos resultados tradicionais do buscador. Assim, sempre que você pesquisar algo no Google, você verá uma lista dos principais resultados, e junto com ela, estarão alguns anúncios, que fazem parte da Rede de Pesquisa.

Um ponto forte da pesquisa é que quando uma pessoa entra no Google, por exemplo, geralmente ela já tem um assunto em mente, algo que deseja pesquisar e saber mais sobre. E já que os anúncios aparecem justamente para esse público que digita o que quer no momento, o índice de conversão pode ser muito significativo.

Uma boa dica é você escolher por palavras-chave que façam sentindo com o seu segmento. Se você é maquiador, por exemplo, pode optar por palavras como ‘’maquiagem’’, ‘’beleza’’ e por aí vai. Dessa forma, as pessoas vão encontrar o seu anúncio assim que buscarem por essas palavras no Google.

Tudo pode variar, mas dependendo do seu investimento e da qualidade do seu anúncio, muitas pessoas podem conhecer o seu negócio e ajudar na conversão do seu site.

Como escolher a palavra-chave certa?

A escolha da palavra-chave certa é o início do sucesso para a sua empresa!

Algo importante para se pensar antes, é que não adianta apenas escolher palavras que você acredita que vão trazer bons resultados. É essencial realizar uma pesquisa, levantar quais palavras têm mais intenção de busca e quais vão trazer mais oportunidades para a sua empresa.

Se você escolher uma palavra-chave que combina com o seu segmento e que tenha a intenção de compra, as suas chances de conversão já vão aumentar muito.

Para fazer esse tipo de pesquisa, você pode usar plataformas como SEMrush, Google Trends ou até mesmo o Google Keywords.

Entenda mais sobre a Rede de Display!

A Rede de Display possui mais de 2 milhões de sites, que contam com parcerias do Google, através do AdSense ou até mesmo de terceiros.

Se você ainda não sabe, o Google AdSense nada mais é do que uma maneira dos editores ganharem dinheiro com conteúdo feito de forma on-line. Ele associa os anúncios ao seu site de acordo com os visitantes e conteúdos disponíveis.

Dessa forma, os anúncios são criados e pagos pelos anunciantes que desejam promover tal produto.

Esses sites também possibilitam que o Google Ads faça uma vinculação dos anúncios dentro de blocos específicos. Assim, os anunciantes podem estabelecer o seu banner à Rede de Display.

Expandindo o seu conteúdo dessa forma, você fará com que ele chegue a muitas pessoas, passando a mensagem que deseja a elas.

Por fim, é mais comum que o Display converta mais do que a Rede de Pesquisa, já que, através dele, nem sempre as pessoas vão estar realmente interessadas naquilo que está sendo oferecido.

Para avançar mais ainda as suas taxas de conversão, você pode utilizar esse formato nas campanhas de remarketing. Dessa forma, você impacta mais uma vez um público que já visitou alguns dos seus conteúdos ou que já esteve muito próximo de realizar alguma conversão.

Casos de campanhas de branding também podem funcionar muito bem na Rede de Display, pois possibilitam uma visibilidade muito ampla para a sua empresa.

Fim do estudo sobre Rede Display e Rede de Pesquisa!

A Moke espera que você tenha curtido acompanhar sobre mais um assunto do mundo do Marketing Digital.

Quer alavancar os seus resultados? Não perca tempo e comece o trabalho de Performance agora mesmo, basta entrar em contato com os nossos especialistas.

Acreditamos que a inovação é um passo indispensável para a era digital! E você, como pretende inovar hoje?

Confira nossos serviços e conte com a ajuda da Moke Business Agency!

☎ (11) 4735-1138
contato@mokepropaganda.com.br

Instagram: @moke.businessagency
Facebook: @moke.businessagency

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Posts Recentes

Omnichannel: a próspera estratégia do varejo no Brasil
Gastos com anúncios digitais devem apresentar aumento relevante em relação a 2021
Metaverso: como ele influenciará o SEO que conhecemos?
Orçamento